quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Kátia Guerreiro na despedida das Noites de Fado| dia 13 de Agosto| 22h00| Praça do Município


Kátia Guerreiro na despedida das Noites de Fado

Kátia Guerreiro é a protagonista do último espectáculo das Noites de Fado do Festival dos Oceanos, com um concerto que se realiza a 13 de Agosto, às 22h00, na Praça do Município, em Lisboa, com entrada livre.


Conhecida pela voz intensa e sensual e pela forma enérgica com que se entrega em cada uma das suas actuações, Kátia Guerreiro apresenta, no palco do Festival dos Oceanos, um espectáculo repleto de poemas contemporâneos e rico em consagrados fados, agora com uma nova sonoridade.

 

O mais recente álbum da artista, intitulado “Os Fados do Fado”, data de Dezembro de 2009, depois de se ter estreado no mercado discográfico em 2001, com o álbum “Fado Maior” que, desde logo, despertou as atenções internacionais.

Kátia Guerreiro é, hoje, uma intérprete consagrada e reconhecida como uma notável embaixadora da canção portuguesa. A fadista celebra, em 2010, dez anos de carreira artística, tendo sido distinguida, em Maio, com o prémio de "Melhor Intérprete" pela Fundação Amália Rodrigues.

O Continente apresenta o Festival dos Oceanos, uma iniciativa do Turismo de Lisboa, produzida pela Realizar, que conta com o apoio do Turismo de Portugal, da Câmara Municipal de Lisboa, da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República, do Casino Lisboa e da Parque Expo – Gestão Urbana do Parque das Nações. A Rádio Comercial é a rádio oficial do evento.

Pinturas de Luz e a República: Noites de Fado 
Kátia Guerreiro

13 de Agosto | 22h00 | Praça do Município

Entrada Livre

“Relatos encenados para uma história contada” | Projecto Fotográfico do MEF em parceria com o CIJE


As jovens do CIJE estão a participar no projecto “Relatos encenados para uma história contada”, este projecto pretende fomentar um espírito criativo nas jovens através da construção de uma “novela fotográfica”, e está a ser desenvolvido pelo Movimento de Expressão Fotográfica.

O Objectivo é proporcionar às jovens um conjunto de competências e ferramentas técnicas que permitam desenvolver as suas competências artísticas e expressivas em diversas áreas e ao mesmo tempo alargar as suas capacidades conceptuais e de representação.

O projecto está divido em três fases, e decorre no CIJE até à próxima 5ª feira. A primeira fase do projecto foi dedicada à construção de um guião e de um story-board. A segunda fase a construção de cenários, caracterização e figurinos. A terceira fase será o registo fotográfico, efectuado por cada grupo, de cada episódio da “novela”.

Todas as jovens participam em todas as actividades, experienciando as diferentes vertentes deste processo, e assim fomenta-se também o trabalho interdisciplinar em grupo.

A imagem fotográfica será realizada em suporte digital, dando assim a possibilidade da aprendizagem das bases da edição de imagem. Em termos expositivos pretende-se que este trabalho seja apresentado em pranchas que permitam uma leitura coerente da história enquanto novela fotográfica.

O Movimento de Expressão Fotográfica trabalha na área da imagem, com destaque para a fotografia e que tem por objectivo promover o gosto pela fotografia junto do grande público. É com esse objectivo que pretende criar uma plataforma de projectos com instituições e associações ligadas à área social, que incluem acções de formação com públicos que por norma não usufruem das mesmas oportunidades que o cidadão comum, como é o caso de pessoas portadoras de deficiências e pessoas social e economicamente carenciadas.

Festival dos Oceanos: Raquel Tavares (en)canta Lisboa| dia 12 de Agosto| 22h00| Praça do Município


Raquel Tavares (en)canta Lisboa

 A fadista Raquel Tavares apresenta o espectáculo “Bairro”, nas Noites de Fado do Festival dos Oceanos, no dia 12 de Agosto, às 22h00, na Praça do Município, em Lisboa, com entrada livre.

A jovem artista recria em palco o espírito e o sentir lisboeta, cantando aquilo que vê, sente, cheira e vive, diariamente, na capital portuguesa. Desta forma, Raquel Tavares transporta os ouvintes para as ruas de Lisboa, baseando-se nas vivências que traçam o seu percurso musical pelos inúmeros lugares onde já actuou, desde grandes palcos a reconhecidas casas de Fado.
Raquel Tavares traz consigo um vasto reportório, do qual constam os temas de “Bairro”, o seu mais recente disco de originais. A fadista é já reconhecida entre o público e a crítica, tendo conquistado grande notoriedade nacional apenas com 12 anos quando venceu a Grande Noite do Fado. Já em 2006, viu o seu mérito aclamado ao receber o Prémio Relevação Amália Rodrigues.                                                                                        

O Continente apresenta o Festival dos Oceanos, uma iniciativa do Turismo de Lisboa, produzida pela Realizar, que conta com o apoio do Turismo de Portugal, da Câmara Municipal de Lisboa, da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República, do Casino Lisboa e da Parque Expo – Gestão Urbana do Parque das Nações. A Rádio Comercial é a rádio oficial do evento.

 
Pinturas de Luz e a República: Noites de Fado
Raquel Tavares


12 de Agosto | 22h00 | Praça do Município

Entrada Livre

AMY MACDONALD AO VIVO NO COLISEU LISBOA > 30 SETEMBRO


Uma das mais talentosas compositoras e cantoras da nova geração, Amy Macdonald, vai subir ao palco do Coliseu de Lisboa, dia 30 de Setembro, para nós encantar com os temas dos seus dois álbuns de originais.

A estreia de Amy Macdonald no mercado discográfico não podia ter sido mais promissora - com o primeiro disco, This is the Life (2007), alcançou o primeiro lugar do top inglês, com as vendas a ultrapassaram os três milhões de unidades. Grande parte do sucesso do disco ficou a dever-se ao single, homónimo, que se transformou numa das músicas mais tocadas nas rádios em todo o mundo.

Em Março deste ano chegou o aguardado segundo longa-duração. A Curious Thing confirmou o extraordinário talento de Amy Macdonald, com Paul Lester da BBC a considerar o álbum como um "regresso triunfante", acrescentando que "é um disco arrojado, cheio de canções épicas que crescem até aos coros irrecusáveis, para ser apreciado pelo maior número de público possível".

CCB | Jazz às Quintas | Hugo Antunes - 26 Agosto

CCB | Jazz às Quintas | Mortágua/Cabaud/Ferrandini - 19 Agosto

CCB | Jazz às Quintas | Sei Miguel - 12 Agosto

sábado, 7 de agosto de 2010

Helder Moutinho desvenda o Fado


Noites de Fado no Festival dos Oceanos
Helder Moutinho desvenda o Fado

 "Que fado é este que trago” é o nome do espectáculo que Helder Moutinho apresenta a 9 de Agosto, pelas 22h00, na Praça do Município, em Lisboa, no âmbito das “Noites de Fado” do Festival dos Oceanos. A entrada é livre.

A única voz masculina que integra o cartaz destas noites dedicadas à canção portuguesa, leva à simbólica praça lisboeta o espectáculo baseado no seu mais recente disco de originais.

Ao som dos diferentes tipos de Fado (fados tradicionais, fados-canções e fados originais escritos na actualidade) o intérprete oeirense, conduz o público por uma viagem única através da história imaginária deste género musical, perguntando “de onde poderá ter vindo, por onde pode ter passado e para onde poderá ir”.

Helder Moutinho, cantor, compositor e produtor, move-se actualmente no horizonte alargado do Fado. Estreante no mercado discográfico em 1999, com o álbum “Sete Fados e Alguns Cantos”, o fadista foi reconhecido e aclamado deste cedo, pelo público e pela crítica, tendo recebido o Prémio Amália Rodrigues, com o disco “Luz de Lisboa”, de 2004.

O Continente apresenta o Festival dos Oceanos, uma iniciativa do Turismo de Lisboa, produzida pela Realizar, que conta com o apoio do Turismo de Portugal, da Câmara Municipal de Lisboa, da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República, do Casino Lisboa e da Parque Expo – Gestão Urbana do Parque das Nações. A Rádio Comercial é a rádio oficial do evento.
Pinturas de Luz e a República: Noites de Fado
Helder Moutinho


9 de Agosto | 22h00 | Praça do Município
Entrada Livre

Cine Lanches - CCB Agosto

Run For Rest | Alfa Arroba - CCB Agosto

Upcoming Exhibition - Uncanny Places - Ofoto Gallery

Jam Session Internacional AGM


À semelhança do êxito do ano anterior, a AGM vai reunir grande parte dos seus alunos, passados e presentes, para uma grande Jam Session. Será um convívio entre músicos com uma componente maioritariamente jovem, provenientes de várias nacionalidades, cujo denominador comum é a sua ligação à actividade formativa desenvolvida pela AGM ao longo dos últimos anos.
Esta Jam Session, que será pública, realizar-se-à no dia 15 de Agosto, às 22h30, na Associação Recreativa e Cultural de Músicos, na Rua da Moagem, em Faro. A AGM providenciará todo o backline, só é necessário trazerem os instrumentos pessoais.
Os participantes, são provenientes de vários países, Portugal, Áustria, Alemanha, Holanda, França e EUA.
Todos os níveis de alunos podem participar nesta Jam Session!
 

+ Informações:
Zé Eduardo, Tel (+351) 96 394 78 46 e-mail: ideamusic@mail.telepac.pt

GREG DULLI AO VIVO EM PORTUGAL


Pela primeira vez na sua carreira, Greg Dulli vai embarcar numa digressão a solo, que passará por Portugal, dia 2 de Novembro no Santiago Alquimista e dia 3 de Novembro na Sala 2 do Hard Club. A acompanhá-lo vão estar o guitarrista Dave Rosser, também dos The Twilight Singers e o multi-intrumentista Rick Nelson, dos Polyphonic Spree.

"An Evening With Greg Dulli" é uma digressão limitada a 29 datas e 5 países, onde Greg Dulli vai passar por uma vasta selecção de músicas que representam toda a sua carreira, dos The Afghan Whigs aos The Twilight Singers, passando pelos The Gutter Twins.

Nos concertos vai também ser possível ouvir pela primeira vez algumas músicas do novo álbum dos The Twilight Singers, com edição marcada para o ínicio de 2011. O novo registo será o primeiro da banda em mais de quatro anos.

Compact Records apresenta Elysian Fields, Rubik, Hellsongs e Lloyd Cole

FANFARLO AO VIVO NO LUX


O Lux vai receber, dia 7 de Setembro, os Fanfarlo, o projecto do sueco Simon Balthazar. Sendo na sua essência uma banda pop, os Fanfarlo adicionam elementos folk, indie e post-rock.

Com o nome retirado do romance, "A Fanfarlo" de Charles Baudelaire, a banda começou por gravar quatro singles de edição limitada, que lhes aumentou a notoriedade em Londres. O primeiro longa-duração, Reservoir, foi editado em 2009 e contou com produção de Peter Katis, conhecido pelo seu trabalho com The National e Interpol.

Na capa do disco está uma fotografia do artista checo, Jan Saudek, onde aparece Sigurrós, a irmã mais nova de Jón Þór Birgisson, que foi uma óbvia inspiração para o nome Sigur Rós. Os Fanfarlo actuam em Portugal, dia 7 de Setembro, com um concerto único no Lux.

Galeria Carlos Carvalho

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Acordeão dá música no Museu do Oriente


Ciclo Concertos de Verão
Acordeão dá música no MdO

Uma viagem no tempo, desde o barroco, passando pelo romântico, até aos compositores contemporâneos, é a sugestão do Duo Damian para o espectáculo que apresenta no dia 13 de Agosto, às 21h30, no Museu do Oriente, no âmbito do Ciclo Concertos de Verão organizado pela Fundação Oriente.

O repertório inclui, ainda, obras originalmente escritas para esta formação, na qual a qualidade interpretativa, aliada à espontaneidade, conduz a um notório e interessante envolvimento com o público.

O Duo Damian é composto por dois acordeonistas, Paulo Jorge Ferreira e Pedro Santos, empenhados na divulgação do acordeão na vertente concerto, onde a nobreza do instrumento é realçada pela mestria e virtuosismo dos dois executantes, detentores de grande experiência musical adquirida ao longo de uma actividade profissional, quer a solo, quer em música de câmara ou orquestra.

Paulo Jorge Ferreira tem actuado em recitais, tanto em Portugal como no estrangeiro, com músicos conceituados como Maria João Pires ou António Victorino d’Almeida. Participou ainda, como músico convidado, em orquestras sinfónicas e de câmara, nomeadamente a Orquestra de Pequim, a Orquestra Gulbenkian, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Nacional do Porto e o Remix Ensemble.

Pedro Santos é membro fundador do Quinteto LusoTango. Participou também com a Orquestra Sinfónica do Porto, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Solistas de Lisboa e, como solista, com a Orquestra de Arcos Sinfonietta de Lisboa. Tem, igualmente, trabalhado com os artistas Dulce Pontes, Mafalda Arnauth, Joana Amendoeira e Helder Moutinho estando, neste momento, a participar no novo trabalho de Teresa Salgueiro.

Ciclo Concertos de Verão

Duo Damian
13 de Agosto

21h30


Auditório – Museu do Oriente
Público-alvo: M/3


Duração: 60’, sem intervalo
Preço: € 7,50


 

Programa

Dança Húngara nº 4, Brahms

Tarantella, V. Trojan

Ballad, T. Lundquist

Infinito Grego, P. J. Ferreira

Rondo Capriccioso, Zolotaryov

Tokkata, B. Precz

Nightclub 1960, A. Piazzolla

 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362 Lisboa

Tel.: 213 585 200 | E-mail: info@foriente.pt

Lloyd Cole edita novo disco em Setembro

LEONARD COHEN NO PAVILHAO ATLANTICO > 10 SETEMBRO


O grande senhor da música canadiana, Leonard Cohen, está de volta à sala que esgotou por completo no ano passado, o Pavilhão Altântico, dia 10 de Setembro para um concerto único incluído na World Tour 2010.

Músico, cantor, escritor e pensador, Leonard Cohen é um dos mais importantes nomes da história da música, sendo responsável por álbuns tão brilhantes como The Songs of Leonard Cohen, Songs of Love and Hate, Various Positions ou Ten New Songs.

Em concerto, Leonard Cohen revisita toda a carreira, em espectáculos que chegam a durar três horas e onde encanta o público com um charme desarmante e uma voz que ainda deslumbra. Dia 10 de Setembro, no Pavilhão Atlântico, o público português vai render-se aos múltiplos encantos do músico canadiano.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Screenwriting in Paradise



Seven days of intensive learning where we will get hands on the essential writing steps on how make an idea into a script.


In seven days God created the world…
Well, for seven days you will be God and create your own world. You will have the power to create and to kill, build and name towering mountains, crash planes, go to distant planets, surpass Picasso, or break into the White House, even the Vatican, perhaps the Playboy Mansion, race dune buggies or win multiple Olympic Golds, steal a million bucks or lose ten million on a single bet, be found guilty of a murder you didn’t commit, but you escape to the proverbial deserted island populated only by sex-starved members of the opposite sex, all in great shape, with lots of exotic food, and most of all, good personalities... heaven... you’re in heaven... naaahhh, you’re just a screenwriter. A creator... THE creator. For a week, you are God!

The tutor will be JAMES FERNALD, screenwriting department director of the European Film College and former film development executive from Los Angeles.

The workshop will also have as a special guest JAN HARLAN, executive producer of “The Shining”, “Full Metal Jacket”, “Eyes Wide Shut” as well as director of the feature documentary “Stanley Kubrick: a Life in Pictures”. Jan will talk about music as a scripting tool, about the importance of the opening of a film and many other script-related topics – and he’ll back up everything with practical examples.
 
WORKSHOP OUTLINE

DAY 0 - Saturday, September 4th
3PM - Meet and greet – Welcome to Algarve! Brief overview of program and a few short films.
5PM - Screening of Stanley Kubrick: “A Life in Pictures”, followed up by an open session (Q&A) with the director, Jan Harlan.

DAY 1 - Sunday, September 5th
Morning - The Triple I’s - Intro, Ideas and Inspiration with Jim.
Afternoon - Our Inner Fantasy – Fantasy as the source of all creative writing with Jan.
7.30PM - Screening of “The Shining”. Q&A with Jan, the film’s producer.

DAY 2 - Monday, September 6th
Morning - The Journey - Getting your journey rolling. Clips and discussion with Jim
Afternoon - Story and Film Openings with Jan.
7.30PM - Screening of “Dr. Strangelove”. Q&A with Jan Harlan.

DAY 3 - Tuesday, September 7th
Morning - People - That’s what characters are, afterall. What makes them feel real, and what makes us care? Meet them with Jim.
Afternoon - Excercises, Outlines and Treatments. Your Story with Jim.
Evening - Poolside one on one discussions of your story with J & J.

DAY 4 - Wednesday, September 8th
Morning - The Importance of music in Film with Jan Harlan.
Afternoon - Sightseeing, beach lounging, creating..it’s all yours..
7.30PM - Screening of "Cría cuervos" by Carlos Saura (one of Kubrick’s favorite films). Open session following with J&J.

DAY 5 - Thursday, September 9th
Morning - Talk - as in DIALOGUE. Our characters love to talk. Why less is more. And it’s gotta be natural – with Jim.
Afternoon - More talk – as in SUBTEXT – what our characters are really trying to say. More fun with Jim.
7.30PM - Screening of Little Miss Sunshine.

DAY 6 - Friday, September 10th
Morning - Films that work, and films that don’t - Breakdown Little Miss Sunshine with Jim – a film that works. And then point the gun at American History X – a film that doesn’t and I’ll tell you why.
Afternoon - General Film Production. Discussion and clips with Jan Harlan.
7.30PM - The Night of 100 Stories.

DAY 7 - Saturday, September 11th
Morning - Your projects – with J & J.
Afternoon - Writers groups and development.
Evening - Wrap Party!

DAY 8 -Sunday, September 12th
Morning - Certificates handling. Farewell Algarve!

more info - www.monomito.com


six rooms waiting for your visit + a secret one...


six rooms waiting for your visit + a secret one...
visit me at:

www.wix.com/catiacoias/ladonabionica

Esplanada de verão no Vale da Amoreira

Exposição Colectiva de Artes Plásticas Allentejo

CCB FORA DE SI | CINEMA


GOGOL BORDELLO AO VIVO NO CAMPO PEQUENO > 24 NOVEMBRO


O Punk Cigano dos Gogol Bordello está de volta ao Campo Pequeno, dia 24 de Novembro, depois de uma actuação explosiva no Optimus Alive!10, onde tocaram no dia 10 de Julho. A trupe liderada por Eugene Hutz vem apresentar o mais recente álbum de originais, Trans-Continental Hustle (2010).

Com membros originários de vários países diferentes, os Gogol Bordello são uma força imparável capaz de fazer a festa em qualquer canto do mundo. Algures entre o punk e a música cigana, os concertos de Gogol Bordello têm uma intensidade única que não deixa ninguém estar parado.

Trans-Continental Hustle, o último longa-duração, foi produzido pelo lendário Rick Rubin (ex-Beastie Boys e produtor de bandas como Metallica, Rage Against The Machine ou Johnny Cash), que ajudou os Gogol Bordello a dar ao disco o mesmo sentido de festa que a banda consegue imprimir aos concertos.

Tempo para o Fado com Cristina Branco: "Noites de Fado" no Festival dos Oceano


“Noites de Fado” no Festival dos Oceanos
Tempo para o Fado com Cristina Branco

O mais recente trabalho de Cristina Branco, “Kronos”, dá o mote a um espectáculo que se realiza no dia 5 de Agosto, às 22h00, na Praça do Município, em Lisboa, no âmbito das “Noites de Fado” do Festival dos Oceanos. A entrada é livre.

A reconhecida fadista, que conta já com dezenas de concertos em toda a Europa, integrados na tournée “Kronos”, proporciona agora uma noite de Fado em que apresenta o álbum homónimo, editado em Março de 2009.

Tendo como tema unificador o "tempo", “Kronos” é constituído por 14 canções inéditas compostas por uma dezena de distintos criadores, como José Mário Branco, Sérgio Godinho, Rui Veloso, Vitorino, Janita Salomé, Maestro Vitorino d’Almeida, Mário Laginha, entre outros.

A artista está a preparar o 11º disco de uma carreira que teve início num palco de Amesterdão, em 1996. O repertório dos primeiros anos da fadista foi marcado por uma confessada admiração por Amália Rodrigues, que arrisca agora um mestiçagem entre o Fado e outras sonoridades.

O Continente apresenta o Festival dos Oceanos, uma iniciativa do Turismo de Lisboa, produzida pela Realizar, que conta com o apoio do Turismo de Portugal, da Câmara Municipal de Lisboa, da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República, do Casino Lisboa e da Parque Expo – Gestão Urbana do Parque das Nações. A Rádio Comercial é a rádio oficial do evento. 
Pinturas de Luz e a República: Noites de Fado
Cristina Branco


5 de Agosto | 22h00 | Praça do Município
Entrada Livre

Fé nos Burros - Exposição Fotográfica ao Ar Livre


Fé nos Burros - Exposição Fotográfica ao Ar Livre 
Fotos de João Pedro Marnoto em colaboração com AEPGA


 Alfândega da Fé - Jardim Municipal - 17 de Julho a 21 de Agosto 2010

A AEPGA (Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino) em parceria com o fotógrafo João Pedro Marnoto, pretende através da instalação fotográfica "Fé nos Burros" enaltecer a utilidade e importância da relação homem-animal, com especial relevância para as burras, burros, mulas e machos. Esta cultura rural associada aos habitantes das nossas aldeias, retratada nas suas maneiras de trabalhar com a terra e animais, a sua cumplicidade na relação com os mesmos.
Apesar da AEPGA, ser uma associação cujo objectivo se centra na recuperação e manutenção da Raça Asinina de Miranda, o burro e o gado muar assumem neste projecto uma figura, que simboliza a riqueza cultural e natural desta região.
Através da presença deste animal iremos descobrir facetas do quotidiano dos seus donos, desde a sua cultura material, saberes artesanais, tradição oral, conhecimento popular, até aos seus sentimentos e emoções.
Iremos à procura da presença de um mundo antigo que ainda resiste à avalanche da modernidade, e sobretudo daqueles que assistem e resistem ao seu desaparecimento.

AEPGA


Ao tentar transpor a ideia de estúdio fotográfico para as aldeias e povoações do concelho de Alfandega da Fé e aí retratar os burros, burras, mulas e machos acompanhados dos seus donos, a intenção é acima de tudo isolar os retratados dos demais elementos envolventes, e assim concentrar toda a força da imagem para o que se pretende realçar.

Se num primeiro olhar a maior parte das imagens afigurarem um passado em desaparecimento demasiado evidente e inquestionável da relação do homem com o animal e a terra, num segundo olhar mais atento constatamos que um sinal de esperança surge em tons de amarelo numa figura jovem acompanhada do seu Burro.

Numa adaptação aos nossos tempos, representa novas vertentes e práticas no uso deste animal através de passeios inseridos num turismo rural e sustentável, num concelho tão propício a tais actividades.

Assim sendo, o que se pretende enaltecer é essa mesma relação entre o Homem e o Burro, sabendo que enquanto se perpetuar essa cumplicidade, haverá sempre esperança na sobrevivência da espécie que desde sempre fez parte da nossa história e memória colectiva. E que deste modo queremos continuar a preservar e a celebrar.

João Pedro Marnoto – Fotógrafo


O fim de um mundo e o inicio de outro

Dizer que o mundo já não é o mesmo, é uma constatação que fazem os mais idosos, que viram desaparecer diante dos seus olhos o mundo onde nasceram e que viram transformar-se sem entender porquê.

O mundo da memória oral, passada entre gerações, à luz da candeia ou do lume, já que a luz eléctrica nem dos sonhos faria parte, a tecer o linho e a lã, fazendo a sua própria roupa (o dinheiro era escasso e o comércio quase limitado ao que se produzia localmente).

O mundo em que o corpo era a principal tecnologia de trabalho, trabalhando-se de sol a sol e onde os alimentos se dividiam entre os que davam força para trabalhar e os que só serviam para encher a barriga (quem não é para comer, não é para trabalhar dizia a sabedoria popular).

O mundo em que os animais eram de facto os melhores amigos do homem: serviam para ajudar nos trabalhos agrícolas e no transporte, aliviando o dono, transportando-o a ele e aos produtos agrícolas colhidos ou semeados (burro, macho, mula, égua, cavalo, boi) serviam para ele se alimentar (ovelhas cabras, porcos, galinhas) serviam para o homem se aquecer e aquecer as casas no inverno (as pessoas dormiam por cima da loja dos animais e por vezes mesmo na loja dos animais numa tarimba).

Esta exposição de fotografias mostra a relação próxima e de amizade entre os burros e os donos e ilustra o fim de um ciclo e o inicio de um outro, onde se inventam novos usos e novas qualidades para estes animais. E isso é importante porque se não tiverem utilidade estarão condenados à extinção.

Esta exposição permite uma reflexão sobre o passado, o presente e o futuro, fazendo-nos tomar consciência de que há perigos, oportunidades e escolhas a fazer.

Faço votos para que as escolhas sejam as melhores e não só as possíveis.

Berta Nunes - Presidente da Câmara de Alfândega da Fé

Fusão musical de Carmen Souza no Museu do Oriente: Nova data - 5 de Agosto, 21h30


Nova data - 5 de Agosto, 21h30
Fusão musical de Carmen Souza no Museu do Oriente

O Museu do Oriente acolhe o espectáculo da cantora cabo-verdiana Carmen Souza, que apresenta o seu mais recente álbum Protegid, uma improvável fusão de ritmos tradicionais cabo-verdianos, gospel e jazz, no dia 5 de Agosto, às 21h30.

Depois do cancelamento do espectáculo, em Abril passado, devido aos problemas causados pela nuvem de poeira vulcânica, Carmen Souza leva ao palco do Auditório do MdO temas como “Song for my Father”, de Horace Silver, para o qual escreveu uma letra em crioulo, ou “Sodade”. Nesta última canção, a cantora promete emocionar a plateia com uma versão muito pessoal e mais jazzística da eterna canção de Cesária Évora.

O trabalho da cantora cabo-verdiana foi considerado, pelo músico David Sylvian, como “World Soul Music para o século XXI”, graças ao resultado sublime que surge da união entre a sua voz requintada e o seu talento para tocar guitarra e teclados. 

Depois dos excelentes trabalhos Ess ê nha Cabo Verde (2005) e Verdade (2008), Protegid é testemunho da química musical que existe entre Carmen Souza e o seu compositor, produtor e baixista de longa data, Theo Pas'cal. 

Na sua ainda curta carreira, esta jovem cantora foi já cabeça de cartaz de festivais tão importantes como o Womad, o Ottawa Jazz, o Toronto Afro Fest, o Ulsan World Music Fest, o Musicport Fest, o FMM Sines, entre outros.

 
Carmen Souza apresenta Protegid
5 de Agosto | 21h30


Auditório | Museu do Oriente
Público-alvo: M/3


Duração: 80 minutos, sem intervalo
Preço: € 15,00
 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362 Lisboa

Tel.: 213 585 200 | E-mail: info@foriente.pt

CIRQUE DU SOLEIL > SALTIMBANCO AO VIVO NO PAVILHAO ATLANTICO


O, mundialmente celebrado pela crítica, Cirque du Soleil vai apresentar em Lisboa a vibrante produção Saltimbanco. Este circo intemporal chega a Portugal pela primeira vez com uma série de espectáculos exclusivos no Pavilhão Atlântico. Os bilhetes estarão à venda dia 30 de Julho.

Saltimbanco é a digressão do Cirque du Soleil que dura há mais tempo, tendo arrancado em 1992 para o reconhecimento internacional, esgotando espectáculos na Europa, Estados Unidos, Austrália, Japão, Canadá e Nova Zelândia, actuando para mais de 11 milhões de fãs.

No Reino Unido o The Times elogiou o espectáculo, considerando-o "teatro graciosamente atlético", e a norte-americana Variety Magazine acrescentou, "exuberância humama e capacidade física, os artistas fascinam acto após acto", enquanto o New York Times foi igualmente elogioso ao afirmar "O mito encontra a mágia... uma sobrenatural mistura de comedia da arte e concerto rock..."

Circo clássico no seu melhor, Saltimanco é uma excitante e caleidoscópica celebração de magnífica inspiração artística e agilidide, com acrobacias de cortar a respiração e inacreditáveis performances atléticas durante os solos e ensembles. Com uma equipa de mais de 50 performers de elevado calibre artístico, que chegam de 20 países, Saltimbanco deslumbra.

Dos balanços, saltos e rodas, aparentemente impossíveis, durante os Chinese Poles, aos Bungees e Tight Ropes que desafiam a gravidade, passando pelo Juggling e Contortonists que agradam sempre ao público, até aos celebradamente malucos Clowns.

Habilidade técnica e design extravagante são unidos pelos espectaculares fatos, deslumbrantes luzes, humor e música e magia de encantar. Cheio de cor, entretenimento e diversão, Saltimbanco é um espectáculo divertido para toda a família.

O Cirque du Soleil celebrou em 2009 o 25º aniversário. De um grupo de cerca de 20 artistas de rua, quando começou em 1984, a companhia do Quebec cresceu até atingir a liderança no entertenimento de qualidade, contando com mais de 5 mil empregados, incluíndo cerca de 1200 artistas originários de quase 50 países diferentes. A companhia já deslumbrou e maravilhou quase 100 milhões de espectadores, em mais de 300 cidades nos 5 continentes.

DATAS E HORÁRIOS: 13 a 15 de Outubro (21h30), 16 e 17 de Outubro (17h00 e 21h30), 19 a 22 de Outubro (21h30), 23 de Outubro (17h00 e 21h30) e 24 de Outubro (17h00).


    

Curtas ao Ar Livre* no Breyner 85 | Terça-feira | 27 de Agosto | 22:00

O Clube Português de Cinematografia/Cineclube do Porto, promove em conjunto com o Breyner 85 (Rua do Breiner, 85, Porto), na próxima 3.ª-feira, pelas 22h00, uma Mostra de curtas-metragens ao ar livre.

Nesta sessão, propomos 4 curtas-metragens, premiadas no FIKE 2008 - Festival Internacional de Curtas Metragens de Évora.

*ROUGH CUT ROUGH CUT* - MELHOR DOCUMENTRIO FIKE 2008

Realizador: *Firouzeh Khosrovani*
Irão | 2007 | Doc. | Cor | 22'

Sinopse:
As montras das lojas de roupa chamam a atenção dos transeuntes iranianos, que param e fazem uma pausa em frente às roupas expostas. Deparam-se com o olhar dos manequins grotescos, reproduções perturbadoras da figura feminina que se tornaram numa metáfora dos corpos femininos tapados e mutilados, redefinida de acordo com a lei do
regime. Nos anos 80 os manequins desapareceram das montras, reaparecendo depois da guerra entre o Irão e o Iraque. Primeiro os manequins masculinos, depois os femininos, reapareceram modificados pelas empresas de produção com vista a minimizar as características femininas, como um aviso às mulheres iranianas e à sociedade. Um totem absurdo com o objectivo de perpetuar a ordem estabelecida.

*HOT DOG HOT DOG* - MELHOR ANIMAO FIKE 2008

Realizador: *Bill Plympton*
EUA | 2008 | Anim. | Cor | 5'

Sinopse:
É o terceiro filme da série DOG. Neste episódio o nosso destemido herói junta-se à brigada de incêndios para salvar o mundo dos fogos domésticos e conquistar a afeição que tanto merece. Como de costume o resultado nunca é o que planeou.

*THE BELLRINGER the bellringer* - Curtíssima FIKE 2008
Realizador: *Dustin Rees*
Suiça | 2007 | Anim. | Cor | 4'

Sinopse:
Ser controlado pelo tempo pode ter o seu preço!

*ROADS ROADS* - MELHOR FICO FIKE 2008
Realizador: *Lior Geller*
Israel | 2007| Fic. | Cor | 22'

Sinopse:
Ismayil, um rapaz de 13 anos, procura uma nova vida para si e para o irmão mais novo fora dos becos árabes da droga na cidade de Lod. Quando o ex-soldado israelita traumatizado chega ao bairro à procura de droga para fugir à sua própria realidade, surge uma nova oportunidade.

--
Clube Português de Cinematografia | Cineclube do Porto
e-mail:ccp@cineclubedoporto.pt
http://cineclubedoporto.wordpress.com
Horário Secretaria:
2.ª feira | 16h30 - 19h30
4.ª feira | 16h30 - 19h30
Sábado | 14h30 - 17h30

Jazz em Agosto 2010

Joana Amendoeira dá voz à canção de Lisboa: " Noites de Fado" no Festival dos Oceanos


“ Noites de Fado” no Festival dos Oceanos
Joana Amendoeira dá voz à canção de Lisboa

A fadista Joana Amendoeira é a convidada da segunda noite de Fado do Festival dos Oceanos, uma actuação que acontece a 2 de Agosto, às 22h00, na Praça do Município, em Lisboa. A entrada é livre.

 
A jovem artista apresenta o espectáculo “Sétimo Fado”, homónimo do seu mais recente trabalho, editado em Abril passado. Neste concerto, sobe a palco o resultado da fusão entre o fado tradicional e o fado vadio, conseguido por Joana Amendoeira e os seus músicos que introduzem, também, instrumentos poucos habituais neste género musical, como a caixa portuguesa de percussões ou o violoncelo.

Natural de Santarém Joana Amendoeira iniciou-se cedo no mundo do espectáculo. Em 1994, participou pela primeira vez na “Grande Noite do Fado de Lisboa” e, embora não tivesse ganho, foi elogiada pelo público e júri presentes. Dez anos depois, viu o seu trabalho ser consagrado pela crítica ao receber o “Prémio Revelação da Casa da Imprensa”.

O Continente apresenta o Festival dos Oceanos, uma iniciativa do Turismo de Lisboa, produzida pela Realizar, que conta com o apoio do Turismo de Portugal, da Câmara Municipal de Lisboa, da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República, do Casino Lisboa e da Parque Expo – Gestão Urbana do Parque das Nações. A Rádio Comercial é a rádio oficial do evento.
Pinturas de Luz e a República: Noites de Fado
Joana Amendoeira

2 de Agosto | 22h00 | Praça do Município


Entrada Livre

2 a 5 de Agosto: VIII Edição do FESTIVAL ITINERANTE DE CULTURA TRADICIONAL “L BURRO I L GUEITEIRO”, aldeias do Planalto Mirandês, Trás-os-Montes


A Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA) e a Galandum Galundaina Associação Cultural (GGAC) pretendem com mais uma edição do Festival Itinerante de Cultura Tradicional “L Burro I L Gueiteiro” potenciar a música e os instrumentos tradicionais, os arraias e as danças mirandesas, a gastronomia local, a fauna, a flora e o quotidiano de quem resiste por Terras de Miranda. Ao longo dos dias do Festival, iremos caminhar na companhia do Burro de Miranda por antigos caminhos, contemplando as belas paisagens transmontanas que nos irão conduzir ao encontro das aldeias das Terras de Miranda, do convívio com a população local e da imensa diversão concedida pela partilha dos antigos arraias tradicionais.
INSCRIÇÕES ABERTAS!

PARTICIPE, VENHA-NOS VISITAR!


   1. De 2 a 5 de Agosto, VIII Edição do FESTIVAL ITINERANTE DE CULTURA TRADICIONAL “L BURRO I L GUEITEIRO”, aldeias do Planalto Mirandês, Trás-os-Montes,

PROGRAMA:http://www.aepga.pt/portal/PT/111/EID/101/DETID/2/default.aspx

INFORMAÇÕES:http://www.aepga.pt/portal/PT/111/EID/101/DETID/3/default.aspx

ALOJAMENTO:http://www.aepga.pt/portal/PT/111/EID/101/DETID/6/default.aspx

INSCRIÇÕES:http://www.aepga.pt/portal/PT/111/EID/101/DETID/9/default.aspx


Plano de Actividades 2010

- De 4 a 5 de Setembro: Feira e mostra de Asininos de Miranda “FEIRA DO NASO”, aldeia da Póvoa, concelho de Miranda do Douro

- De 11 e 12 de Setembro: Feira de Burros “FEIRA DO AZINHOSO”, aldeia de Azinhoso, concelho de Mogadouro

- De 12 a 14 de Novembro: Magusto musical “L BRANO DE SAN MARTINO”, aldeia de São Joanico (concelho de Vimioso) e aldeia de Paradela (Miranda do Douro)

ESPERAMOS POR SI NUMA DESTAS ACTIVIDADES…VISITE-NOS!

WWW.AEPGA.PT

Exposição de Fotografia: Guia Turístico - Nuno Morais


Exposição de Fotografia
"Guia Turístico" de Nuno Morais no Museu Municipal Manuel Soares de Albergaria

Inauguração a 1 de Agosto

Guia Turístico de ... Lisboa ... Madrid ... Roma ... Bruxelas ... Paris ... Florença ... Bruges ...

De 1 a 29 de Agosto 2010, Terça a Domingo das 10h00 às 12h00 e das 15h00 às 17h00

Rua Alexandre Braga, 32 - Carregal do Sal - Viseu



Guia Turístico

Os “auto-retratos turísticos” são uma espécie de vício,
o importante é o “Eu”; “Eu” estive! “Eu” visitei! “Eu” fui! … “Eu” apareço nas fotografias!
uma relação presente/passado que fica registada para o futuro.


Tourist Guide

The “touristic self-portraits” are a kind of dependence,
the important thing is the “I”; “I” was there! “I” visited that! “I” went there!... “I” am in the pictures!
A relationship between present/past that will be recorded for the future.


Guide Touristique

Les “auto-portraits touristiques” sont une genre de dépendence,
l'important c’est le “Je”; “J’”étais! “J’”ai visité! “Je” suis allé! … “J’”apparais dans les photographies!
Une rapport présente/passée qui est enregistrée pour l'avenir.


Guía Turística

Los “autorretratos turísticos” son una especie de dependencia,
lo que importa es “Yo”: ¡“Yo” estaba allí! ¡“Yo” visité! ¡“Yo” fui! … ¡“Yo” aparezco en las fotografías!
Una relación presente/pasado que se registra para el futuro.


Guida turistica

Gli "autoritratti turistici" sono un genere di dipendenza,
la cosa importante è “Io"; “Io" ero là! “Io" ho visitato! “Io" sono andato là! … “Io" sono nelle immagini!
Una relazione presente/passato que è registrata per il futuro.